21.2.13

De Cuba

"Cuba conseguiu forjar uma marca forte, muito mais sedutora que o produto em si. Um autêntico caso de branding, e justo num lugar que renega o capitalismo e seus métodos. O poder dessa marca é tão grande que até hoje tem muita gente boa no Brasil que vem com argumentos do tipo “de que adianta liberdade de ir e vir, se o povo não tem dinheiro nem para a passagem do ônibus?”. Falam como se fossem conjuntos excludentes: ou se tem saúde, educação e medalhas olímpicas, ou se tem eleições livres, eletrodomésticos e revistas de fofoca. Qual você prefere? E se esquecem que há muitos países que conseguiram tudo isto e muito mais.”

— Tony Goes, em seu blog.

Íntegra.

6 notas

  1. filhodasrevolucoes reblogou esta postagem de bumerangue
  2. billyleechdrummer9 reblogou esta postagem de bumerangue
  3. bumerangue publicou esta postagem
Comentários (View)
Comentários disponibilizados por Disqus